Dica de saúde: Os benefícios do zinco e a importância na alimentação dos vegetarianos e veganos

Oi gente!

Hoje o assunto é saúde e vou falar de um mineral muito importante na alimentação.  

O zinco.
Ele é super importante para alimentação de qualquer pessoa, siga ela qualquer tipo de dieta. Mas principalmente os veganos e vegetarianos devem ter atenção redobrada com relação à esse mineral, pois é muito importante para diversas funções do organismo, principalmente no que diz respeito ao desenvolvimento, crescimento, funcionamento adequado do organismo, entre outras coisas. Como não consumimos carne, devemos ter total atenção para consumir os alimentos corretos. 

Para os homens, por exemplo, é super importante para a produção do esperma e para as crianças, importante para o desenvolvimento e crescimento. 

Muitas vezes, alguns problemas de saúde, na infância ou em qualquer idade, está relacionado à deficiência de vitaminas e minerais em nosso organismo. Muitas vezes os problemas de esterilidade, por exemplo, pode estar relacionado com a deficiência desse mineral. Mas não é somente esse problema que a deficiência desse mineral pode acarretar.

Portanto, vamos saber mais sobre ele e como suprir as necessidades desse mineral em nosso organismo, tendo uma alimentação adequada.

Sobre o zinco 

Antioxidante, ele está presente em quase todos os tecidos do corpo e por isso tem ações benéficas diversas. Pertence à categoria dos elementos químicos necessários para o crescimento, desenvolvimento e funcionamento adequado do organismo.

Está envolvido em processos bioquímicos relacionados à imunidade, à formação óssea e à cicatrização. 

O mineral ainda é eficiente no combate à degeneração macular, que causa a cegueira em idosos, graças à forte associação com a vitamina A, essencial para o bom funcionamento da retina.

Razões para o déficit

A falta de zinco pode estar relacionada ao consumo exagerado de cereais não refinados e pão não fermentado. “Algumas substâncias químicas adicionadas aos alimentos industrializados reduzem a absorção de zinco, como os fosfatos e o EDTA”, esclarece a nutricionista Fernanda (SP). Também contribuem para o déficit, o uso de anticoncepcionais orais e corticosteróides, bem como a dificuldade de absorção, o que pode ocorrer em casos de alcoolismo, quando ele é eliminado pela urina ou devido a desordens digestivas.

Quem deve consumir mais

 
Atletas, idosos, crianças, veganos e vegetarianos, portadores de doenças inflamatórias crônicas podem apresentar deficiência de zinco, por perda excessiva durante o exercício ou pelo consumo de carboidratos simples (refinados) ou ainda como sequela do problema de saúde. Nestes casos, a suplementação é recomendada, mas sem exageros. “Altas doses de zinco podem reduzir a absorção do ferro, além de ter sido associadas a baixos níveis de cobre, diminuição da função imunológica e dos níveis de HDL (o bom colesterol)”, alerta a nutricionista Fernanda Pisciolaro (SP). 

Conseqüências das deficiências

 
Elas foram descritas pela primeira vez em homens jovens do Irã e Egito. “São caracterizadas por pequena estatura, problemas na produção de esperma e anemia”, relata a nutricionista Fernanda. 

Na infância, a falta do mineral poderá interferir no crescimento e no desenvolvimento. 

Onde encontrar o zinco

O mineral está presente em sua maior quantidade em alguns tipos de carne frutos do mar, comoostras, mariscos, mexilhão, arenque, fígado, fígado de porco, carne bovina, peixe, aves. Mas a intenção aqui é encontrar alternativas para os veganos e vegetarianos e existem diversos alimentos, ricos em zinco, que podemos incluir em nossa alimentação.

E como quem segue uma dieta vegetariana ou vegana, logicamente não consome esses tipos de alimentos, temos que encontrar substitutos a altura para suprir a necessidade do zinco em nosso organismo.

Mas e para os veganos e vegetarianos? 



Para quem é ovo lacto vegetariano o mineral está presente também emgema de ovo, leite e derivados, iogurte, queijo, manteiga.

Para quem é vegano deve buscar aumentar o consumo deamendoim, oleaginosas em geral, cereais enriquecidos e de grão integral, arroz, cereal de arroz, farelo de trigo, farinha de aveia, pão de centeio, pão de trigo integral, trigo, cevada, feijões secos, ervilha, milho, nozes, levedo, alface, batata, beterraba, cenoura, couve, espinafre, cereja, laranja, pêra.

A ervilha e o grão de bico são considerados as leguminosas que mais possuem o zinco, portanto são alimentos muito bons de se consumir, tanto para os vegetarianos como para os veganos, mas também para os que seguem outros tipos de dieta.

Atenção redobrada com as crianças

Como foi dito anteriormente, a deficiência do zinco na infância, interfere no desenvolvimento e no crescimento. 

Por isso, muito importante para os pais prestarem atenção da alimentação de seus filhos, se estão consumindo bem os diversos tipos de alimentos, principalmente se são veganos e vegetarianos. 

Para quem segue esses tipos de dieta e os filhos também, a atenção deve ser redobrada quando o assunto é alimentação infantil.

Nada de exagerar nos farináceos, doces, refinados, pois esses podem anular o efeito do zinco no organismo. 

Bom, espero que tenham gostado!

Abraços,

17 Comments

  1. Anônimo 11 de dezembro de 2013
  2. Unknown 12 de dezembro de 2013
  3. Sibele Fernanda Machado 12 de dezembro de 2013
  4. Unknown 12 de dezembro de 2013
  5. Unknown 12 de dezembro de 2013
  6. Unknown 12 de dezembro de 2013
  7. Nani 12 de dezembro de 2013
  8. Maternar para sempre 12 de dezembro de 2013
  9. Lucimar da Silva Moreira 12 de dezembro de 2013
  10. Vivian Carvalho 12 de dezembro de 2013
  11. Anônimo 12 de dezembro de 2013
  12. Jamilly LIma 13 de dezembro de 2013
  13. Marcele S. Santo 13 de dezembro de 2013
  14. Toninha Borges 13 de dezembro de 2013
  15. Unknown 14 de dezembro de 2013
  16. Genislene Borges 15 de dezembro de 2013
  17. Unknown 17 de dezembro de 2013

Add Comment