SAÚDE DA MULHER: ENDOMETRIOSE ENGORDA?

0


Muitas mulheres acometidas pela endometriose têm dúvidas quanto aos sintomas e diagnóstico da doença. Um dos questionamentos recorrentes das pacientes afetadas pela condição é se endometriose engorda e o que pode ser feito para minimizar os sintomas.

Inicialmente é preciso entender o que é a endometriose. A doença consiste na presença de tecido endometrial, que reveste o útero internamente, fora do útero. Entre os órgãos que podem ser afetados pelas lesões estão ovários, reto, bexiga, intestinos, vagina, apêndice e outros.

A endometriose afeta mais de 6 milhões de mulheres no Brasil e pode surgir já nas primeiras menstruações e perdurar até a menopausa. Devido os sintomas serem confundidos com os sinais da menstruação, muitas mulheres não relatam ao ginecologista o problema, retardando o diagnóstico, o que pode provocar um agravamento do quadro, como tecido endometrial nos órgãos adjacentes e também endometriose profunda.

Mas afinal, a endometriose engorda?

O questionamento sobre a endometriose engordar é recorrente entre mulheres que possuem a doença e aquelas que desconfiam da enfermidade ao aumentarem de peso. Entretanto, não existem indícios científicos que comprovem que a endometriose possa fazer com que mulher engorde.

O tecido endometrial fora da cavidade uterina, no entanto, principalmente quando alojado no intestino, pode provocar uma sensação de inchaço na barriga. Esse sim é um efeito que pode ser desencadeado pelo problema, mas não representa um aumento no peso diretamente.

Algumas pacientes ainda relatam que o aumento do peso pode estar relacionado com o tratamento da endometriose. É comum que após o diagnóstico confirmando a ocorrência sejam prescritos pelo médico o uso de analgésicos, para alivio da dor, e o uso de anticoncepcionais de uso contínuo, que impedem a menstruação e reduzem os sintomas.

Uma vez que os anticoncepcionais possuem hormônios para controle da menstruação, algumas mulheres podem engordar ao tomar este tipo de medicamento. Portanto, ainda que a endometriose em si não esteja relacionada com o aumento do peso, o uso de anticoncepcionais pode ter esse efeito colateral.

Como identificar a endometriose?

Com isso, o aumento do peso não pode ser compreendido pela mulher como um dos sintomas relacionados diretamente com a endometriose. Entender quais são os indícios que de fato são provocados pela doença é uma forma de obter um diagnóstico precoce e aumentar as chances de sucesso do tratamento. Entre os sintomas da endometriose destacam-se:

cólicas intensas durante a menstruação;
inchaço e dores no abdômen;
dores para evacuar no período menstrual;
dores durante ou após as relações;
infertilidade ou dificuldade para engravidar;
dores ou sangramento para urinar.


Quando esses sintomas são identificados, isoladamente ou em conjunto, a mulher deve procurar um ginecologista para que seja realizada uma avaliação completa do trato reprodutor. O diagnóstico precoce da endometriose aumenta as chances de sucesso no tratamento, além de reduzir os desconfortos e dores causados pela doença.

Além do tratamento medicamentoso com anticoncepcional, que pode causar o ganho de peso dependendo do organismo da mulher, é possível fazer o tratamento cirúrgico, por meio de laparoscopia para retirar o tecido endometrial que se encontra nos órgãos adjacentes.

Ainda que a dúvida se a endometriose engorda seja frequente entre as mulheres, esse receio não é real. O inchaço no abdômen, por sua vez, pode ser um dos sintomas da endometriose, portanto, procure um ginecologista caso identifique mais de um indício da doença.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.