Jogos de tabuleiroparacrianças de diferentesidades

Hoje em dia, as crianças podem passar horas se entretendo diante da tela do computador ou da televisão. Há diversos joguinhos online ou canais televisivos, com conteúdo voltado especificamente para o público infantil. Apesar de trazerem tranquilidade e segurança para os pais, que sabem que seus filhos estão se distraindo dentro de casa, a seu lado, é preciso tomar
cuidado com os excessos. Essas atividades, de modo geral, não exigem muita interação, nem estimulam o convívio com outras crianças, como acontece com outras brincadeiras infantis. Por isso, é bom apresentar à meninada outras possibilidades de diversão.
Há uma série de brincadeiras, que existem há muitos anos, mas nunca saem de moda. São os jogos de tabuleiro, voltados para diferentes idades, que podem ser jogados entre amigos ou com a família. Essas atividades, além de favorecerem uma ótima oportunidade de integração e convivência com outras pessoas, também são educativas. Elas estimulam a criatividade, a
imaginação, o raciocínio lógico e ensinam as crianças a desenvolver sua autoestima. Muitas crianças não sabem lidar com limites e, por meio desses jogos, aprendem que não se pode ganhar sempre e que pode ser divertido apenas participar de uma brincadeira.
Um dos jogos mais conhecidos entre as crianças é o Imagem em Ação Júnior, voltado para o público de 5 a 10 anos. Os participantes devem desenhar algo para que sua equipe adivinhe, antes que o tempo marcado na ampulheta termine. Não é preciso ser um grande desenhista para ganhar, basta ter muita imaginação.
Outro jogo de grande sucesso entre a meninada é o Lince, adequado para crianças a partir de 6 anos. Os participantes devem identificar figuras escondidas no tabuleiro. Quem encontrar primeiro todas as imagens, ganha.
No Jogo da Vida, adequado para crianças maiores de 8 anos, os participantes devem cumprir alguns objetivos, como entrar na universidade, casar, ter filhos, ou comprar uma casa, por exemplo. Esse jogo, além de ser divertido, ensina às crianças, de forma lúdica, alguns conceitos ligados ao desenvolvimento pessoal.
O mesmo acontece com o Banco Imobiliário, que ensina às crianças, a partir dessa mesma faixa etária, a administrar suas finanças e a entender o orçamento doméstico.
As crianças pequenas, a partir de 3 anos, não precisam ficar de fora dos jogos de tabuleiro.
No Candy Land, cada criança recebe cartas com diferentes cores, que vão ajudá-la a mover as peças do tabuleiro. É um jogo que exige raciocínio lógico e desenvolve a memória.
Também há um outro jogo com o mesmo princípio, o Ludo, que tem divertido crianças de várias gerações.
Os participantes escolhem quatro pinos de uma mesma cor e devem movê-los de acordo com a pontuação alcançada nos dados. Aquele que levar os quatro pinos primeiro para a “casa” da mesma cor, ganha.
Essas brincadeiras, além de garantirem muitas risadas e bons momentos entre amigos, ou com a família, estimulam o conhecimento e a imaginação. E desconectam as crianças um pouco dos
jogos e da televisão, que já têm sido tão presentes na infância!

“texto em parceria com OMO”

19 Comments

  1. Gaabi ♥ 28 de janeiro de 2014
  2. Cuidados e Segredos 28 de janeiro de 2014
  3. Unknown 28 de janeiro de 2014
  4. Coisas da Lara 28 de janeiro de 2014
  5. Jamilly LIma 28 de janeiro de 2014
  6. Espaço das Mamães 28 de janeiro de 2014
  7. Unknown 28 de janeiro de 2014
  8. Toninha Borges 28 de janeiro de 2014
  9. Drica Gonçalves 28 de janeiro de 2014
  10. Lucimar da Silva Moreira 28 de janeiro de 2014
  11. Claudio Chamun 28 de janeiro de 2014
  12. Unknown 29 de janeiro de 2014
  13. Anônimo 29 de janeiro de 2014
  14. Cris 29 de janeiro de 2014
  15. Unknown 29 de janeiro de 2014
  16. Unknown 2 de fevereiro de 2014
  17. Unknown 2 de fevereiro de 2014
  18. Maternar para sempre 3 de fevereiro de 2014
  19. Unknown 5 de fevereiro de 2014

Add Comment