Quando as Crianças Devem Começar a Usar Sapatos?

5

Você está preocupada em com que idade o bebê deve usar sapato? Saiba que, apesar de ser algo que a maioria das mães não se atentam, esse é assunto que deve ser colocado em pauta e que você deve ter certa noção para não prejudicar o crescimento do seu filho. Se interessou sobre esse assunto? Então basta continuar nesse post e lê-lo até o final para obter a sua resposta!

Quando as Crianças Devem Começar a Usar Sapatos
Está com dúvida de qual o momento mais apropriado para a criança usar sapato? Então confira a resposta dessa e outras perguntas nesse post.

Muitas mães não se preocupam em quando a criança deve começar a usar sapato e, de certa forma, isso é até compreensível, haja vista que isso não é muito falado. Quem é mãe de primeira viagem, sabe o quanto a cabeça fica cheia de preocupação e quão grande é a vontade de proteger o bebê, porém, por muitas vezes, é possível esquecer de alguns cuidados.

Os sapatos são, geralmente, as primeiras aquisições dos pais ao se ter o conhecimento da vinda de um bebê e, ainda que seja uma atitude nobre, é importante se atentar em quando o bebê deve começar a usar sapato e qual o sapato correto comprar para o recém-nascido. A verdade que muitos não sabem é que deve haver um certo esmero na hora da aquisição dessa peça de roupa, e não somente comprar por impulso ou por achar um modelo bonito.

Então, ainda que você tenha visto um modelo de sapato muito bonito, procure avaliar por outros ângulos que não sejam somente a estética. Se você quer saber quando os recém-nascido devem começar a usar sapatos, qual o modelo mais apropriado e algumas outras questões, é só continuar nesse post e, se você conhece alguém que precisa receber essas dicas, não deixe de encaminhar esse artigo.

Quando uma criança deve começar a usar sapatos?

Essa é uma dúvida até que bem comum por parte das mães de primeira viagem e, apesar de algumas pessoas considerarem uma questão meio boba, é necessário manter uma certa atenção nesse assunto. Esse artigo foi idealizado tendo como base algumas das dúvidas do chat do site Petit Papillon Bebê & Criança e, se você se interessa por produtos voltado a para o público infantil, vale a pena dar uma conferida no site.

Quando as Crianças Devem Começar a Usar Sapatos
O sapato é, geralmente, o primeiro presente que o bebê recebe, mas isso deve ser levado a sério e com certo cuidado.

Muitos pais começam a se preocupar com o sapatinho de bebê antes mesmo da criança nascer e, quando estão montando o enxoval do bebê, já começam a comprar diversos modelos de sapatinhos, sandalinhas e tênis para o pequeno que ainda nem chegou ao mundo. A verdade é que existem tantas mensagens contraditórias que é fácil sentir-se confuso quanto a essa questão. Então muitas perguntas vêm à tona, tais como:

  • Devo comprar aqueles lindos sapatinhos de recém-nascidos para manter os pés do meu bebê aquecido ou o couro resistente pode restringir o crescimento do pézinho?
  • Os sapatos são vitais para aqueles primeiros passos hesitantes ou os pés descalços são preferíveis?
  • Todos os calçados infantis devem ser montados profissionalmente, ou não há problema em comprar um par de tênis barato para o parque?

Vamos tentar, ao longo desse artigo, responder essas e outras questões sobre o uso de sapatos em bebês e crianças, confira!

Como são os pés de um bebê?

Ao nascer, as crianças têm cartilagem nos pés e não ossos. A estrutura óssea não se forma completamente até perto dos 16 anos e, como resultado, os pés das crianças são muito mais maleáveis ​​do que os dos adultos. O pé é uma estrutura complexa de 26 ossos e 35 articulações, unidas e apoiadas pelos ligamentos. O pé de um bebê é preenchido com gordura e é altamente flexível.

A sola de um pé normalmente desenvolvido possui um arco, chamado de arco medial, formado por ossos, músculos e ligamentos. Nos primeiros dois anos, os pés do seu filho parecerão mais lisos que os do adulto e, naturalmente, mais sensíveis.

Quando as Crianças Devem Começar a Usar Sapatos
Um dos principais motivos de você ter cuidado na hora de escolher o sapato para o bebê, é porque os pés de um recém-nascido é mais sensível.

A maioria das crianças começa a andar entre 8 e 18 meses de idade. Quase todos possuem pés chatos quando começam a andar, ou tendem a virar os pés para dentro, porque a força muscular e a rigidez do ligamento precisam alcançar outros desenvolvimentos.
Pés chatos em bebês e crianças pequenas são normais. Os pés das crianças são geralmente flexíveis e não devem ser rígidos.

À medida que seu filho domina a caminhada, os ligamentos e músculos se fortalecerão e as almofadas de gordura na área do arco não serão tão perceptíveis. Por volta dos seis anos de idade, o seu filho deve ter arcos normais nos dois pés. Os pés têm 250.000 glândulas sudoríparas e, nas condições quentes, escuras e úmidas de um tênis sintético, infecções fúngicas como o pé de atleta podem aparecer, por isso é importante que os sapatos estejam bem ajustados e tenham forros de couro respiráveis como os calçados infantis da marca Gambo.

Qual o calçado ideal para o bebê que está aprendendo a andar?

Uma criança aprendendo a andar recebe informações sensoriais importantes das solas dos pés ao tocá-los no chão. Quando as crianças estão aprendendo a andar, elas devem estar com os pés descalços ou com um sapato de sola macia o máximo possível para que possam sentir o que tocam com os pés e desenvolver a força muscular.

Quando as Crianças Devem Começar a Usar Sapatos
O tato é um dos principais sentidos do bebê e, por conta disso, você deve escolher um sapato que permita o bebê exercitar esse sentido.

Um calçado ajuda a proteger os pés de lesões e também ajuda a proteger a delicada pele dos pezinhos do calor e do frio, e por isso costumamos dizer que uma criança não precisa de sapatos até que esteja começando a andar por aí. Mas isso não significa que você não possa vestir um fofo sapatinho em seu bebê para levá-lo a uma festa, a um passeio no shopping ou na casa de amigos com um look todo estiloso.

Quando o bebê aprende a andar sozinho e com confiança por um bom período de tempo, pode então já progredir para um sapato de sola mais firme. Lembre-se sempre que os pés das crianças crescem muito rapidamente e seu tamanho de sapato pode precisar de atualização a cada poucos meses. Sapatos muito apertados podem dificultar a caminhada do seu filho e causar problemas, como unhas encravadas entre outros.

Como escolher o tamanho de calçado ideal para uma criança?

O tamanho correto é aquele que está devidamente ajustado para apoiar o arco e ser irrestrito ao redor dos dedos do pé, permitindo que eles se estendam em contato com o solo, o que acontece ao caminhar. Sapatos muito pequenos podem esmagar dedos ou encorajar o desenvolvimento de juntas de joanetes.

Quando as Crianças Devem Começar a Usar Sapatos
O sapato do bebê deve ter um tamanho ideal, onde não seja nem muito frouxo e nem muito apertado, pois ambas características podem ocasionar em futuros problemas para o bebê.

Aqueles que são muito grandes significam que a criança tem que segurar com os dedos dos pés para mantê-los, levando a uma condição conhecida como “garra dos pés”. Os primeiros sapatos devem ser de sola macia e toda criança deve ter mais de um par de sapatos e, caso o uso seja diário, eles devem ser usados alternadamente e nunca o mesmo sapato todos os dias.

Bebês podem usar tênis?

Muitos pais ainda acham que existe um estigma associado ao uso de tênis, mas, na verdade, eles são uma excelente forma de calçado – desde que sejam feitos de couro e estejam bem ajustados.

Tênis são projetados para correr, o que é, afinal, o que as crianças fazem a maior parte do tempo.

Sugestões para a escolha dos calçados infantis

Sapatos para o seu bebê devem idealmente ter:

  • Um ajuste confortável em comprimento e largura;
  • Muito espaço para os dedos;
  • Uma sola plana e flexível – verifique se a sola pode dobrar perto do dedo;
  • A frente do sapato mais larga que o calcanhar, para combinar com a forma natural do pé;
  • Cadarços, laços, correias ou fixadores para evitar muito movimento ou escorregar do pé dentro do sapato.

Sapatos caros nem sempre são melhores, verifique a qualidade do solado, do couro e das palmilhas, mas também não pense em comprar o mais barato só porque as crianças perdem rápido o sapato. Lembre-se que a qualidade do calçado pode evitar diversos males para o futuro do seu filho.

O nosso post termina aqui, porém, esperamos ter esclarecido essa questão para você. Se esse conteúdo lhe ajudou a sanar as suas dúvidas, não deixe de compartilhar nas suas redes sociais ou com aquela sua amiga que está se preparando para ser mãe. Por fim, nos despedimos por aqui, até o próximo post!

Comments are closed.