QUER FAZER TRANSIÇÃO CAPILAR? A INTERNET PODE AJUDAR!

No começo dos anos 2000, a moda capilar que mais marcou o cinema, a TV e as passarelas era baseada em fios super lisos. O súbito aumento da popularidade das chapinhas de cabelo foi uma consequência disso, assim como o desenvolvimento de escovas progressivas e definitivas, as quais prometiam cabelos lisos por mais tempo. Entretanto, a insistência em alisar as madeixas logo começou a apresentar consequências: cabelos frágeis, danificados e a falta de visibilidade dos cabelos crespos e cacheados no mundo da moda.

Felizmente, essa realidade está mudando. Cada dia mais, meninas e mulheres estão se despedindo da “ditadura do liso” para assumir a textura natural dos seus cabelos. Esse processo recebe o nome de transição capilar e é mais do que apenas uma novidade no mundo fashion: é uma quebra de padrões de beleza que não contemplam todas as mulheres (e homens) em sua diversidade.

Atualmente, muitos homens e mulheres estão abandonando processos químicos e agressivos para assumir os cabelos naturais por meio desse processo. E embora muitas pessoas ainda tenham dúvidas sobre como ele funciona, é possível encontrar muitas dicas e informações na internet, o que com toda a certeza contribui de forma positiva para o conhecimento e discussão do tema.

Sites, blogs e canais no Youtube

A internet é, hoje, um dos principais canais de divulgação dos diversos estilos de beleza – e também de vários outros assuntos. Nos últimos anos, muitas empresas passaram a investir em material digital para divulgar produtos e serviços, além de desenvolver um contato mais direto com o público. Entretanto, não são apenas as grandes marcas que possuem voz no mundo online.

Os blogs pessoais voltados para assuntos ligados aos cuidados com a beleza e a estética são muito populares. Garotas comuns – a maioria adolescentes e jovens adultas – testam produtos, escrevem resenhas, gravam vídeos com tutoriais e recomendam lojas e sites para suas seguidoras. Elas compartilham conteúdo no Youtube e em redes sociais, como o Facebook e o Instagram, contam sobre suas próprias experiências e já se tornaram autoridade quando o assunto é moda.


JULIANA LOUISE YOUTUBER

RAYZA NICÁCIO BLOGUEIRA

JÉSSICA DANTAS BLOGUEIRA

É possível encontrar muitas blogueiras falando sobre transição capilar, inclusive indicando produtos que podem ajudar no processo e dividindo um pouco suas opiniões sobre o assunto. Dessa forma, além de conseguir informações, esclarecer dúvidas e entender melhor o tema, outras garotas acabam sendo encorajadas a realizar as próprias transições e contar sobre suas experiências.

Cabelos saudáveis e mais autoestima

Além de fios mais saudáveis e resistentes após a suspensão das químicas para alisar os cabelos e do uso frequente de secadores, chapinhas e modelador, a transição capilar trabalha a autoestima de pessoas que antes não aceitavam a textura natural dos próprios cabelos.

O processo é lento e exige paciência, pois é necessário deixar o cabelo crescer para se desfazer das químicas, o que significa usar as madeixas com duas texturas por um tempo (raiz crespa/cacheada e pontas lisas). Algumas pessoas preferem radicalizar: cortam ou raspam o cabelo para se livrar de uma vez dos fios alisados, permitindo, assim, que o cabelo cresça totalmente natural.

Se você deseja fazer uma transição capilar, vá com tudo e com calma! Siga as dicas que o mundo virtual disponibiliza para você que com certeza vão ajudar e muito!

Beijos e até o próximo post!

9 Comments

  1. Unknown 4 de julho de 2017
  2. Joana D'arc 4 de julho de 2017
  3. Aline 4 de julho de 2017
  4. Erica Oliveira 4 de julho de 2017
  5. Minda Silva 4 de julho de 2017
  6. Unknown 4 de julho de 2017
  7. Ficar Bem 5 de julho de 2017
  8. Aromadecachos 5 de julho de 2017
  9. *Mulher Virtuosa By Vany* 6 de julho de 2017

Add Comment