Momento bebê – Cardápio para criança de 1 a 2 anos (ovo-lacto)

Já disse para vocês que meu filho, agora com 1 ano e 5 meses, também é ovo-lacto-vegetariano. Quando se trata de crianças, devemos ter atenção redobrada com relação à alimentação, pois nessa fase eles estão em pleno desenvolvimento e tudo o que comem vai influenciar diretamente nesse aspecto.

Portanto, devemos ter muito cuidado com o que eles comem. As refeições devem ser preparadas com atenção, cuidado, higiene e acima de tudo, com alimentos saudáveis e de alto valor nutricional.

No caso do meu filho, que tem uma dieta restrita, eu acrescento outros alimentos que podem substituir a carne que ele não come.

Para as mamães e papais que são ou pretendem seguir alguma dieta vegetariana e introduzir seus filhos também, vou postar aqui uma opção de cardápio com as refeições que dou para o meu filho. Vou colocar algumas opções de papinha salgada para variar. Repita sempre o almoço na hora do jantar. Se não pretende ser vegetariano também pode seguir esse cardápio, pois tem alto valor nutricional, muitas vitaminas e nenhum alimento artificial ou com conservantes.

Lembre-se: seu filho ainda não conhece os sabores, as comidas da mesma forma que conhecemos. Então é fácil lidar com isso e fazê-lo experimentar novos sabores e comidas saudáveis. 

Até hoje, nunca dei chambinho, danoninho, chocolate, sorvete, nenhum tipo de açúcar, para o meu filho…ainda é muito cedo…eu mesma faço receitas caseiras (já postei várias aqui) para substituir, por exemplo, o chambinho…e mesmo se você decidir dar, somente é aconselhável a partir dos 4 anos, idade recomendada pelos pediatras…

Diferente de nós eles ainda não estão viciados no açúcar, no sal, em temperos, etc., por isso, nada de pensar “coitadinho dele, só um pouquinho…só um pedacinho de chocolate não faz mal…um sorvetinho não tem problema…ele vai comer mingau ou tomar suco sem açúcar?” Como eu disse, ele não sabe,  nós é que sabemos e temos o paladar viciado nessas coisas…não devemos repetir os erros que cometemos com nossa saúde com os pequenos! Como disse Hélio Grace*, “o mal entra pela boca!” 

Então vamos lá!

Café da manhã 8 – 9 horas. (todos os dias)

Mingau de Aveia

180 ml de água (filtrada ou mineral);

2 colheres de sopa de leite em pó próprio para a idade (utilizo Ninho fases 1);

2 colheres de sopa rasa de aveia em flocos finos (utilizo Quaker ou Nestlé);

Modo de preparo: coloque tudo em uma panela, leve ao fogo baixo, vá mexendo até dar uma leve engrossada, não muito, pois quando esfriar vai endurecer mais um pouco.

Sirva morno.

Almoço 12 – 13 horas

Já postei aqui diversas papinhas para bebês, mas com 1 ano a criança, dependendo da quantidade de dentes que tem, já pode comer amassado, não precisa mais ser totalmente batido. Eu ainda bato de vez em quando os legumes com arroz ou macarrão e o feijão eu amasso com o garfo. Vou postar aqui diferentes receitas para 3 dias.

Dia 1

Papinha amarela

1 cenoura;

1 pedaço de abóbora japonesa;

1 batata inglesa;

2 colheres de sopa de arroz integral (cozinhe separadamente);

2 castanhas do pará;

1 colher de sobremesa de azeite;

1 ovo de galinha ou 3 de codorna;

Sal;

azeite;

Feijão cozido (de preferência jalo, carioquinha ou roxo. O preto é muito forte).

Modo de preparo:

Lave bem os legumes, descasque, pique em cubinhos e coloque para cozinhar em água filtrada ou no vapor. Se for na água já coloque o sal (não coloque muito, uma pitadinha só). Cozinhe os legumes a quantidade para o almoço e jantar.

Cozinhe o ovo para ficar com a gema dura. Cozinhe o arroz separadamente (pode ser integral ou comum), ou quando for fazer para a família toda, reserve a parte para o bebê.

O feijão também já pode ser o mesmo da família, temperado com alho, sal, etc., do jeito que você faz na sua casa (por isso não coloque muito sal nos legumes).

Eu gosto de bater os legumes, o ovo, o arroz , a castanha do pará e o azeite, no liquidificador e depois amasso o feijão no prato e misturo a parte batida. Aí é só deixar esfriar e servir.

O azeite não é bom esquentar, por isso coloque depois, quando for servir.

Não utilize caldo de legumes, temperos prontos. Não possuem substâncias saudáveis e são muito artificiais. Só utilize temperos como alho, sal, azeite, cheiro verde, etc.

Dia 2


Papinha verde

1 inhame;

½ abobrinha;

1 quantidade de 1 mão fechada de couve picada;

½ chuchu;

1 ovo cozido de galinha ou 3 de codorna;

2 castanhas do pará ou 2 amêndoas;

2 ninhos de macarrão aletria (cabelo de anjo);

Sal;

Azeite.

Modo de preparo: cozinhe os legumes da mesma forma anterior, com água filtrada, o sal, mas dessa vez já coloque o macarrão triturado junto. Lave bem a couve, corte bem fininha e coloque quase no fim do cozimento dos legumes com o macarrão, deixe mais um pouquinho e desligue o fogo. Cozinhe o ovo até ficar duro (uns 3 a 4 minutos); Bata no liquidificador junto com o ovo, a castanha e o azeite.

Dou feijão para o meu filho todos os dias na hora do almoço. Então, se quiser dar, amasse 1 concha de feijão no prato e coloque a papinha batida.

  

Dia 3

Creme de abóbora e mandioquinha

2 a 3 pedaços de abóbora japonesa (coloque a quantidade para almoço e jantar);

2 mandioquinhas (se for pequena coloque 3);

Água filtrada;

Azeite;

Sal;

1 colher de sopa de leite em pó (ninho fases);

1 pedaço de queijo minas frescal (marca Polenghi é a melhor para crianças);

1 ovo cozido;

5 tomates cereja (aquele pequeno).

Modo de preparo

Lave os legumes, pique e leve para cozinhar com água e sal. Se quiser cozinhe no vapor. Coloque o tomate quando já estiver cozido. Bata no liquidificador com o queijo, o ovo, o azeite e o leite. Sirva com o feijão amassado ou puro. Sirva no jantar também. Na hora de bater, aproveite a água do cozimento, mas não coloque muito para não ficar ralo.  

Obs.: se seu filho não tem costume de comer castanhas ou ainda não comeu, dê aos poucos. Coloque somente 1 na primeira vez e espere 24 horas para ver se não terá nenhuma reação alérgica. Se não tiver, pode dar normalmente.

Lanche da tarde 16 horas.

Opções de suco:

  • Suco de beterraba, cenoura, laranja e maçã;

  • Suco de beterraba, cenoura, maçã e kiwi;

  • Suco de cenoura, laranja, maçã e kiwi;

  • Suco de cenoura, laranja, pêra e kiwi.

Obs.: O kiwi é rico em vitamina c, mais do que a laranja. Dou sempre a beterraba no suco, pois na papinha meu filho não gosta muito e é bem melhor para aproveitar os nutrientes do que cozida.

Modo de preparo: lave bem todos os ingredientes. Descasque somente os legumes e o kiwi. A maçã e a pêra podem ser com casca. Tire somente as sementes. Coloque tudo em uma centrífuga. Pode ser no liquidificador, mas aí tem que colocar água filtrada ou mineral e coar. Eu faço na centrífuga, pois aproveita mais os nutrientes e não precisa de água. Não coloque açúcar, pois já fica bem doce.

Sanduiche de queijo

2 fatias de pão integral sem casca;

1 colher de sopa de queijo cottage, requeijão ou queijo frescal (utilizo as marcas Porto Alegre e Polenghi). 

Gosto de colocar na sanduicheira para poder dar uma esquentada no pão e fica mais fácil de comer para as crianças que ainda não tem muito dente.

Se você costuma fazer bolo em casa, tipo de milho, cenoura, laranja (não de chocolate ou coisa do tipo e nem massa pronta, tem que ser caseiro), pode dar um pedaço no lugar do pão, para variar. Dê os pedacinhos.

Jantar 19:30 – 20 horas.

O mesmo do almoço, sem o ovo, castanha e feijão.

Pegue os legumes que sobrou do almoço (lembre de que depois de pronto, imediatamente guarde em uma vasilha e coloque na geladeira), bata no liquidificador com 1 colher de sopa de leite em pó (ninho fases), 1 colher de sobremesa de azeite e faça tipo uma sopinha. Fica uma delícia, meu filho adora.

Ceia 23 horas.

O meu filho ainda toma 1 mamadeira de 200 ml  por volta das 23 horas. Aí depende de cada criança.

Bom, espero que tenham gostado e esse cardápio possa ajudar as mamães a introduzir os alimentos para seus filhos, ainda mais se são mamães de primeira viagem…mesmo se ainda não aderiu ou não pretende aderir à uma dieta vegetariana, pode seguir esse cardápio, fazendo as substituições que achar melhor. Mas nunca coloque alimentos com conservantes ou artificiais.

Obs.: se seu filho ainda não comeu nenhum tipo de castanhas, coloque 1 só no primeiro dia, espere 24 horas para ver se não terá nenhuma reação alérgica. Se não tiver, Ok! As castanhas como já disse aqui no blog, são uma ótima fonte de gordura boa, assim como o azeite!

Escove sempre os dentinhos do seu filho, limpe bem a língua e bochechas. Não precisa ser toda hora, mas principalmente na parte da manhã e à noite. Mesmo mamando à noite, vai evitar a cárie de mamadeira.

Acrescente suplementos vitamínicos na alimentação dele – saiba mais aqui

Bebês a partir de 6 meses, que estão sendo introduzidos nas papinhas salgadas, também podem comer essas receitinhas do almoço, sem a castanha, ovo e feijão. A gema pode ser introduzida a partir dos 8 meses.

 

Até o próximo post!

*Hélio Grace – criador do Jiu-jitsu brasileiro – era vegetariano, atleta, viveu quase 100 anos.

22 Comments

  1. Anônimo 23 de agosto de 2013
  2. Cibele Lima 23 de agosto de 2013
  3. ★°.¸¸.•´¯`♥ღραттуღ♥ ヅ 23 de setembro de 2013
  4. Cibele Lima 23 de setembro de 2013
  5. ★°.¸¸.•´¯`♥ღραттуღ♥ ヅ 23 de setembro de 2013
  6. Anônimo 20 de janeiro de 2014
  7. Cibele Lima 22 de março de 2014
  8. Anônimo 4 de abril de 2014
  9. Cibele Lima 4 de abril de 2014
  10. Anônimo 10 de abril de 2014
  11. Anônimo 12 de junho de 2014
  12. Anônimo 17 de junho de 2014
  13. Cibele Lima 17 de junho de 2014
  14. Cibele Lima 2 de setembro de 2014
  15. Unknown 28 de outubro de 2015
  16. Cibele Lima 28 de outubro de 2015
  17. Isabelle Santos 5 de fevereiro de 2016
  18. Portal da Mulher 7 de fevereiro de 2016
  19. Zizinha 28 de agosto de 2016
  20. Cibele Lima 28 de agosto de 2016
  21. Anônimo 1 de agosto de 2018
  22. Portal da Mulher 1 de agosto de 2018

Add Comment